Home

motivo_50_/ POR OUTRO TIPO DE PROGRESSO_/

Na Zona Portuária, onde o samba nasceu, as escolas de samba estão sendo removidas. Acompanho bem de perto o falso progresso de Eduardo Paes.
Sou natural do Paraná e moro no Rio de Janeiro há 10 anos. Nunca me interessei em transferir meu voto, pois nunca acreditei em nenhum político, até que ano passado pude conhecer Marcelo Freixo, com seu discurso coerente, real e instigante.
Trabalho na zona portuária, dentro de um barracão que será removido devido ao projeto Porto Maravilha. Mais de 15 escolas de samba foram removidas da zona portuária,  local onde o samba nasceu. Acompanho de perto a avalanche do falso progresso feita por Eduardo Paes.
Oito mil pessoas já perderam suas casas no Rio de Janeiro desde o início dos preparativos para a Copa de 2014 e as Olimpíadas de 2016. Vi a casa de um amigo sendo demolida ao lado do barracão onde trabalho. Marcaram as casas com SMH (Secretaria Municipal de Habitação), o que me faz lembrar o nazismo. Relocam as pessoas em programas como Minha Casa Minha Vida, também conhecido pelos habitantes como Minha Casa Meu Terror, pois são casas em lugares muito longe de onde moravam. Sendo assim, seus filhos perdem escolas e não há transporte fácil para locomoção dos trabalhadores que antes estavam no centro.
Após acompanhar todo esse processo, resolvi fazer uma música para ajudar a denunciar. Chama-se Manhattan Brasileira, está disponível no YouTube.
Acho que é preciso abrir o olho! Pois um olho que não enxerga, que só acompanha, trabalha como espelho.
FÁBIO PRESTES É COMPOSITOR E ILUMINADOR, MORADOR DE SANTA TERESA. TERÁ 31 ANOS DE IDADE ATÉ DIA 7 DE OUTUBRO, DATA DAS ELEIÇÕES. ESPERA GANHAR DE PRESENTE O VOTO DE MILHARES DE PESSOAS EM MARCELO FREIXO.

2 pensamentos em “50

  1. Voto em Freixo porque quero o debate político de volta, no lugar da “eficiência marqueteira”; quero a cultura no lugar do evento; quero a saúde e a educação de qualidade, no lugar da tirania estatística; finalmente, quero um governo que fique ao lado do cidadão, contra a voracidade capitalista.

  2. Quero o debate político de volta, no lugar da “eficiência marqueteira”; quero a cultura no lugar do evento; quero a saúde e a educação de qualidade, no lugar da tirania estatística; finalmente, quero um governo que fique ao lado do cidadão, contra a voracidade capitalista.

Comente na página do Facebook: http://www.facebook.com/fechocomfreixo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s